terça-feira, 25 de outubro de 2011

“CÉU DE BRIGADEIRO”

Em artigo publicado no jornal O POVO em 11/10/2011, sob o título “A responsabilidade dos bancos”, o presidente da Central Única dos Trabalhadores do Ceará, levanta o seguinte argumento: “enquanto o sistema financeiro internacional atravessa momentos de crise, os bancos brasileiros navegam em um céu de brigadeiro. Somente no primeiro semestres desse ano o lucro cresceu 20% entre as sete maiores instituições bancárias, com ganhos que ultrapassam os 26 bilhões”.

A colocação do presidente da CUT do Ceará é de uma infelicidade suprema. Primeiro ele ressalta o fato de que os capitalistas em geral, e os banqueiros em particular, têm usufruído da maior tranquilidade para obter lucros gigantescos. Ai, cabe uma pergunta: quem garantiu esse céu de brigadeiro aos capitalistas? Quem assegurou tanta tranquilidade para que eles obtivessem tantas vantagens em situação de paz? A resposta é clara. O Partido dos Trabalhadores, quando lançou a “Carta ao Povo Brasileiro”, em 2002, assegurou que administraria os negócios do capitalismo sem que houvesse turbulência.

Ao preço módico de 13 bilhões de reais, metade do lucro de um semestre das sete maiores casas bancárias no Brasil, o PT promoveu um amplo trabalho de cooptação dos miseráveis com o Bolsa Família, que se transformou num amplo colégio eleitoral sobre o qual o PT tem sabido tirar proveitos políticos. Por seu turno o governo petista soube cooptar as centrais sindicais e estudantis, com propinas razoáveis, e, dessa forma, cumprir o prometido de não permitir tensões sociais e assim garantir plena tranquilidade para a burguesia implementar seu vantajosos negócios.

Um dos horrores políticos a ser destacado, consiste no fato de que o argumento do presidente da CUT – Ceará, pretendendo defender os bancários tenta sensibilizar os banqueiros sob o piedoso argumento de que eles já ganham tanto e assim deveriam agradecer esse exorbitante privilégio cedendo uns poucos reais para cumprir a pauta de reivindicação dos trabalhadores bancários. Isso é uma vergonha.

Um comentário:

  1. i.g.cavalcante50@hotmail.com25 de outubro de 2011 13:25

    Organização,
    A burguesia, apesar dos seus contrastes tem um grande grau de organização e assédio nos mais diversos campos: através de concurso de beleza, chantagem, ameaças, fantasias, mentiras, preconceitos, vaidades, ilusões de riqueza fácil, lugar assegurado no reino dos céus, para quem puder ofertar o maior dízimo, pelo dinheiro e por aí vai. Vejo por outro ângulo, uma esquerda desorganizada, contraditória e sobre tudo equivocada, se formos verificar suas propostas e práticas, em relação ao socialismo científico de Karl Marx e Friedrich Engels.Reconhecemos valores individuais, quanto ao coletivo é desarticulado. A burguesia sabe, nos socialistas deveríamos saber mais ainda: não se forma um bom profissional sem o preparo devido: seja ele, pedreiro, carpinteiro, engraxate, terrorista, vendedor, médica (o), enfermeiro (a), professora (o) e etc.
    Se quisermos transformar a sociedade em que vivemos em um mundo próspero, teremos que nós organizar e preparar soldados conscientes para a tarefa revolucionária, que se aproxima.

    ResponderExcluir