sexta-feira, 13 de julho de 2012

QUE VERGONHA!



            O novo Presidente da Central Única dos Trabalhadores-CUT, declarou que essa central sindical está disposta a ir para as ruas em defesa dos “mensaleiros”. A CUT quando surgiu, trouxe esperanças de que seria um eficaz instrumento na luta dos trabalhadores por melhores condições de vida, e teria os olhos voltados para os interesses maiores dessa classe, qual seja: libertar-se das amarras do capitalismo.
           O PT e, particularmente, o Sr. Lula, para chegar à Presidência, se comprometeu em manter a paz social, tão importante para a tranquilidade da burguesia no seu papel de exercer sua exploração sobre as classes trabalhadoras e do povo em geral.
            Prometeu e cumpriu, engessando as centrais sindicais e estudantis por conta das propinas destinadas a essas corporações. Vê-se hoje, a que nível chegou a CUT, quando se dispõe a ir para as ruas defender a bandidagem.
            O Partido dos Trabalhadores, em íntima conivência com o que existe de pior na política brasileira, como são os tipos: José Sarney, Romero Jucá, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Michel Temer, Paulo Maluf e outros expoentes da corrupção, negou-se a ter qualquer entendimento com o PMDB ideológico de Ulisses Guimarães, Tancredo Neves, Franco Montoro, Mario Covas e outros personagens da direita ética, para optar por cair nos braços do PMDB fisiológico.
            Não imaginávamos que a CUT, esperança para amplos setores dos trabalhadores, viesse a ter uma conduta  mais nociva do que a dos velhos pelegos varridos das direções sindicais. Esperava-se que um novo sindicalismo, calcado nos interesses reais dos trabalhadores, evoluísse para uma posição de luta pela superação do capitalismo. Ao invés desse destino, eis que, de forma triste e vergonhosa, a direção cutista, sem nenhum escrúpulo, vem assumir a defesa de larápios, preocupados em engordar o seu patrimônio como o fez o petista Antonio Palloci e como fizeram os mensaleiros. Diante dessa postura de conivência com a mais chocante bandidagem, temos a clara obrigação de levar avante nossos protestos.

Um comentário:

  1. Ivanildo Cavalcante13 de julho de 2012 18:43

    São poucos os socialistas, que usam o puder da caneta para denunciar os verdadeiros inimigos e traidores do conjunto dos trabalhadores. A grande maioria dos letrados, mesmo os que se dizem de esquerda, preferem o silêncio a denúncia. Isso, também, é uma grande vergonha. É jogo sujo do faz de conta. É com muita tristeza, que registramos a entrada da Central Única dos Trabalhadores – CUT, nesse jogo espúrio e deprimente.

    ResponderExcluir