sexta-feira, 2 de setembro de 2011

CINISMO AGRESSIVO





O capitalismo é farto na produção de imoralidades. Dentre tantas, ressaltemos o genocídio que ele comete matando de fome cerca de dois bilhões de seres humanos que rastejam abaixo da linha de pobreza. Não bastasse fato tão escandaloso, esse sistema atenta contra a juventude que, sem perspectiva, mergulha no crime e nas drogas. Outro escândalo é o desrespeito no trato do meio ambiente quando, na busca desmedida do lucro, destrói a flora e a fauna. Ao lado desses escândalos, vê-se no Brasil e fora dele, prosperar a prostituição e a corrupção. Em se tratando de falcatruas, o Brasil governado pela coligação PT-PMDB não tem se furtado em praticar os mais torpes crimes no trato daquilo que se convencionou chamar de “a coisa pública”.

Já somam quatro os Ministros da República que foram afastados. Dentre eles, três por comprovada corrupção, e mais meia dúzia deles estão na alça de mira para serem desalojados, tantas são as práticas de irregularidades denunciadas. Nesses últimos dias, fomos agredidos por mais um espetáculo de puro cinismo, do mais grotesco desrespeito ao povo, quando a deputada Jaqueline Roriz, filha do corrupto mor do Distrito Federal, o ex-governador, por três mandatos, Joaquim Roriz, foi absolvida pelo plenário da Câmara dos Deputados, da acusação de prática explícita de corrupção. Apesar de documentado o seu ato delituoso, pelo placar de 265 votos em seu favor, e 166 pela sua cassação, a deputada foi inocentada e seu processo de cassação, por quebra de decoro parlamentar, foi arquivado.

A toda hora, a todo instante, estamos assistindo ao desenrolar de mais um episódio de corrupção em todos os níveis: federal, estadual e municipal. Enquanto isso, a saúde, a educação, os portos, aeroportos e estradas estão sendo relegados ao abandono sob o argumento de que faltam verbas para cobrir os gastos necessários. Não sabemos até onde o povo trabalhador haverá de suportar tamanha desfaçatez. Cremos ter chegado a hora de reagir e de pormos o bloco na rua para dar um basta a tanta patifaria.

Um comentário:

  1. i.g.cavalcante50@hotmail.com4 de setembro de 2011 19:10

    Fomos informados por uma fonte da mais alta credibilidade que a Câmara Municipal de Fortaleza, vai conferir ao socialista, escritor e articulista Gilvan Rocha o título de cidadão fortalezense. A propositura foi da Ilustre Vereadora Toinha Rocha - PSOL/CE. Parabéns ao Puder Legislativo Municipal e a Vereadora Toinha Rocha pela feliz iniciativa.

    ResponderExcluir