terça-feira, 14 de junho de 2011

CORRUPÇÃO MODELO EXPORTAÇÃO


Há muito que o Sr. Hugo Chávez anda às voltas com atitudes de exportação da corrupção. Um dos exemplos flagrantes foi aquele em que o coronel enviou uma mala de dinheiro para a Argentina e ela foi apreendida. Os exemplos são muitos, e isso compromete o herói da esquerda direitosa que é visto como ícone do socialismo do século XXI, uma proposta do coronel que mistura Marx com Jesus. Esse senhor, tão midiático, tem se celebrizado pelo seu antiamericanismo obtuso que o leva a fazer aliança com o fascismo islâmico, particularmente, com o Irã.

Nesse momento de agruras, para os larápios componentes da aliança fisiológica que se encontra no governo do Brasil, vem o escândalo do Sr. Palocci, autor da proeza de multiplicar sua fortuna em vinte vezes.

Pois bem, o coronel Chávez não se furtou a prestar solidariedade ao Palocci convidando Dilma Rousseff a mantê-lo no seu cargo de ministro da Casa Civil, afinal um larápio a mais, um larápio a menos, não haverá de mudar o perfil dessa estranha aliança que reúne a esquerda direitosa com as velhas raposas do PMDB.

É dessa maneira, ou seja, com o comportamento sem nenhum pudor do coronel Hugo Chávez, que caminhamos para a banalização da corrupção reinante, tanto aqui no Brasil, como nos demais países, particularmente, nos chamados países retardatários cuja economia é frágil, porém, vigorosa a sede com que se pratica uma política que se reduz a um único projeto: Assegurar, a todo custo, a paz e a tranquilidade à grande burguesia, manter sob controle as centrais sindicais e estudantis, e ter como parte o seu quinhão, ganho à expensas de expedientes do tipo tráfico de influência, ostensivamente praticado por algumas figuras, como é o caso mais recente de Antonio Palocci.

Dessa forma, caminha-se para uma cultura em que tais comportamentos são tidos como naturais como bem colocou Luis Inácio Lula da Silva, por ocasião do mensalão: “todos fazem”. E o PT que se dizia um partido único no respeito às normas do comportamento ético, resolveu comer no mesmo cocho.

2 comentários:

  1. i.g.cavalcante50@hotmail.com15 de junho de 2011 09:19

    Gostaria de saber uma coisinha bem simples, como pode uma pessoa que se diz marxista, chamar o canalha Hugo Chávez de socialista? Socialista é ser partidário de uma causa muito nobre, e não tem como pensar um facínora como o Cel. Chávez, fazer parte de um time tão seletivo.

    ResponderExcluir
  2. i.g.cavalcante50@hotmail.com15 de junho de 2011 10:09

    O Ceará tem o privilégio de contar com o melhor quadro de companheiros socialista do Brasil. Dentre esses companheiros, não podemos deixar de mencionar Gilvan Rocha, com mais de 50 anos de caminhada socialista sem nunca tergiversar. Podemos dizer com toda segurança, Gilvan é uma reserva moral à serviço da classe trabalhadora.

    ResponderExcluir